O Natal está chegando e um carrinho de boneca é a melhor opção se tem em sua família uma menina ou um menino que gosta de brincar de casinha. Sobretudo se o seu objetivo como pai ou mãe é educar seus filhos longe das doparias que a televisão, o tablet ou os jogos de vídeo em geral injetam constantemente em nossas crianças transformando-as em devoradores e consumidores destes produtos digitais. Não! Adeus ao vício da televisão e que entre pela porta da frente a brincadeira à moda antiga, com partilha entre crianças, partilha humana, antes de todas essas porcarias digitais.

Um presente de crianças com acessórios: criando-se uma experiência

O que os pais procuram atualmente não é apenas um brinquedo e sim uma experiência. Eles não buscam algo material para dar ao seus filhos e adeus, que se divirtam sozinhos. Buscam algo que os transporte, as suas crianças, a um mundo de histórias e imaginação e por esse motivo, quando se compra um brinquedo, o que compram na verdade é o universo inteiro associado àquele brinquedo. No caso dos carrinhos de boneca, as crianças buscam o berço, a mamadeira para suas bonecas, o cobertor e talvez até a boneca mesmo.

Exploração de possibilidades

Como as experiências na vida, um brinquedo permite à criança explorar as possibilidades que a vida lhe oferece do ponto de vista do seu micro-universo infantil. Uma criança que aprecia brincar de bonecas, certamente experimenta, por vezes até mesmo se pergunta como será a sua vida futura vida com filhos. Do ponto de vista da inconsciência, a criança se pergunta se quer ter filhos no futuro. Os brinquedos atuam desta maneira como um simulacro da realidade, uma capsula que os transporta para um tempo futuro no qual verdadeiras escolhas estão em jogo.

Diversão e brincadeira em grupo ou com apenas uma criança garantidas

Uma outra vantagem dos acessórios é que eles permitem a participação de outras crianças, garantindo assim a inclusão destas outras crianças e criando um sentimento de pertencimento ou afiliação grupal. Na escola, isso facilita a integração social e a vida coletiva do futuro adulto. O brinquedo é desta maneira uma forma lúdica de educar. Porém também serve para crianças que apreciam uma brincadeira mais introspectiva e por que não solitária, no conforto e proteção do seu mundo íntimo, como por exemplo um menino que brinca de bonecas sem ter ideia do que acontecerá mais para frente em sua vida. Este tipo de brinquedo também é uma experiência de auto-descobrimento e auto-exploração.

Conclusão

O Natal está aí mas o presente se aproveita o ano todo e por muitas outras crianças que também podem desfrutar da brincadeira. E quando o verão e o bom tempo chegarem novamente, este brinquedo vai dar vontade de sair e aproveitar dos raios de sol e do calor, dos pássaros cantando e quem sabe mesmo estimular a criança na direção de aproveitar a vida do lado de fora e não dentro de casa. Com brinquedos assim, desenvolve-se e estimula-se uma mentalidade de prazer em viver a vida, prazer nas pequenas coisas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui